Sobre as Chuvas

A NOVE se solidariza com as famílias que perderam familiares, amigos e bens com as chuvas que ocorreram esta semana. Postaremos aqui postos que estão recebendo doações especificamente para estas vítimas:

Em Niterói:

Centro: Canto do Rio (Rua Visconde Rio Branco 701).

Centro: Posto do Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário (Setrerj) no Terminal João Goulart (Terminal Norte), ao lado da estação das barcas. Mais informações pelo telefone 2199-3300.

Fonseca: Na Escola Municipal Paulo Freire (Rua Soares Miranda 77); Escola Municipal Ernani Moreira. Franco (Rua Bonfim s/n); Escola Municipal Alberto Brandão (Rua Castro Alves 22).

Santa Bárbara: Escola Municipal Rachid (Rua Jandira Pereira 620/623).

Morro do Estado: Escola Municipal Antonio Vieira da Rocha (Rua Dr. Araújo Pimenta, s/n).

Boa Vista: Escola Nilo Neves (Rua Silveira da Motta, s/n).

Jacaré: Escola Senador Vasconcelos Torres (Est. Frei Orlando 370); Escola Municipal Eulália Ferreira Bragança.

Morro do Céu: Escola Luis Eduardo Travassos.

Engenhoca: Escola Municipal Adelino Magalhães (Rua Doutor Nélson Pena 17).

São Francisco: Escola Helena Antipoff (Av. Rui Barbosa 710).

Beltrão: Creche Comunitária Cristo Vive (Travessa Beltrão).

Pé Pequeno: Berçário Nova Infância (Rua Itaguaí 148).

Charitas: Escola Maria Luiza Sampaio (Rua São Caetano 30).

Icaraí: Crea, na inspetoria de Niterói (Avenida Roberto Silveira 245, em frente ao Campo de São Bento). Horário de funcionamento: de 9h às 17h30.

Shopping Bay Market: o shopping está arrecadando material de limpeza, higiene pessoal, água potável e alimentos não perecíveis. Os interessados devem ir ao posto de coleta que fica no SAC do shopping, no 1º andar. O endereço do shopping é Rua Visconde do Rio Branco 360 (ao lado das barcas).

No Rio de Janeiro:

Dez unidades da Guarda Municipal do Rio estão recebendo doações. A prioridade é arrecadar colchonetes, alimentos não-perecíveis, água e roupas para serem doados aos necessitados.

Centro: no Centro Administrativo São Sebastião (sede da Prefeitura – Rua Afonso Cavalcanti 455, Cidade Nova).

São Cristóvão: na sede da Guarda (Avenida Pedro II 111).

Botafogo: na base operacional da GM-Rio (Rua Bambina 37).

Barra da Tijuca: na 4ª Inspetoria (Avenida Ayrton Senna 2001).

Madureira: na 6a Inspetoria (Rua Armando Cruz, s/n).

Praça Seca: na 7ª Inspetoria (Praça Barão da Taquara 9).

Lagoa: 2ª Inspetoria (Rua Professor Abelardo Lobo s/n – embaixo do viaduto Saint Hilaire, na saída do Túnel Rebouças).

Bangu: na 5ª Inspetoria (Rua Biarritz, s/n).

Tijuca: na 8ª Inspetoria (Rua Conde de Bonfim 267).

Campo Grande: na 13ª Inspetoria (Rua Minas de Prata 200).

Ceasa de Irajá: No prédio da administração (Avenida Brasil 19.001, Irajá). Interessados em colaborar também podem entrar em contato pelos telefones (21) 2333-8274 ou 2333-8225 e pelo email: ceasapresidencia@ceasa.rj.gov.br

Praça da Cruz Vermelha 10, no Centro do Rio.

Coordenadoria Regional de Educação (CRE): As 10 CRE’s da estão recebendo donativos. Endereços para doações

Vicente Carvalho: Carioca Shopping, Balcão de Informações, no 1º piso do shopping (Avenida Vicente de Carvalho 909, em Vicente de Carvalho).

Morro dos Macacos: Centro Comunitário Raiz e Vida (Avenida 28 de setembro 406/sala 2,Vila Isabel). Telefone para contato: Márcia Helena, 9633-4982 (fazer contato antes da entrega).

Morro do Borel: Ciep da Rua São Miguel (Borel) ou Posto de Saúde. Telefones para contato: Renata, 9154-4938. Maiores Necessidades: Materiais descartáveis (copo, prato, fraldas etc).

Andaraí: Associação de Moradores João Paulo II (Rua Sá Viana 269, Grajaú). Telefones para contato: Edson, 81859498. Maiores Necessidades: colchonetes, materiais de higiene pessoal e alimentos.

Cerro-Corá e Guararapes: Padaria do Geneci (Rua João Delerri 68, Cosme Velho). Telefones para contato: 9189-1904 e 9154-0975 (falar com Fátima). Maiores Necessidades: alimentos (principalmente para bebês: papinhas e leite), roupas, água e calçados para crianças e bebês.

Morro do Turano: Colégio Estadual Herbert de Souza (Rua Barão de Itapagipe, próximo ao número 311, Rio Comprido). Telefones para contato: 7896-8200 (Gisele). Maiores necessidades: fralda, absorvente, mamadeira e leite em pó.

Centro: ESPM-RJ, na biblioteca da unidade (Rua do Rosário 90, 2º andar). O atendimento é das 8h às 22h.

Centro: Academia Contours até o dia 5 de maio (Avenida Almirante Barroso 97 – sobreloja). Mais informações pelo telefone 2240-3600.

Caixa de Assistência aos Advogados do Rio de Janeiro (CAARJ) está recolhendo donativos. Doações podem ser entregues entre 10h e 16h. Os endereços podem ser consultados no site www.oab-rj.org.br .

Linha Amarela: Donativos podem ser entregues, de segunda a sexta-feira, das 9h às 20h, na Central Passe Expresso, após do Túnel da Covanca, sentido Barra da Tijuca.

Santa Teresa: Instituto Marquês de Salamanca (IMDS). Doações na Escola Estadual Monteiro de Carvalho (Rua Almirante Alexandrino 2495). Procurar por Ângelo, Solange ou Cirlei de 8h às 20h.

Jacarepaguá: Center Shopping Rio até o dia 18 de abril (Avenida Geremário Dantas 404, 3º piso, no SAC do shopping). Mais informações pelo telefone 3312-5000.

McDonald’s: Nas 63 lojas da rede na cidade do Rio. Serão recolhidos fraldas descartáveis, produtos de limpeza e higiene pessoal, roupas de cama e de banho, cobertores e travesseiros, além de brinquedos. Não serão aceitas doações de alimentos de qualquer espécie.

Grupo Pão de Açúcar (Pão de Açúcar, ABC CompreBem, Sendas, Extra Hipermercados e Assaí): Nas 99 lojas do grupo. Serão recolhidos alimentos não perecíveis, roupas e cobertores. A campanha vai até o dia 16/04. Todo material arrecadado será entregue para a Defesa Civil.

Barra: O Rio Design Barra recebe as doações no setor Doações no Concierge, localizado no 1º piso. O endereço: Avenida das Américas 7.777.

Barra: No Shopping Downtown, as doações podem ser entregues no SAC, localizado no bloco 12C, subsolo. O endereço é Avenida das Américas 500.

Botafogo: O Botafogo Praia Shopping está recolhendo donativos. As doações devem ser entregues no SAC, no 2º piso do shopping, que fica na Praia de Botafogo 400.

Del Castilho: Os donativos podem ser entregues no Shopping Nova América, no Espaço Cliente (1º piso). O shopping fica na Avenida . Martin Luther King Jr, 126.

Leblon: Donativos podem ser entregues no Rio Design Leblon, que fica na Avenida Ataulfo de Paiva 270.

Mais postos de doações em: http://migre.me/vee5

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Local confirmado

O local da reunião desse Sábado, 20/03 foi confirmado: será na Fundição Progresso (Rua dos Arcos, 24 – Lapa) às 14h30.

Pedimos àqueles que tiverem amigos politizados e interessados nas bandeiras da NOVE, que os levem para a reunião. Faremos, como de costume, uma breve introdução do movimento e suas bandeiras (adotadas oficialmente semana passada).

Pedimos também que vocês levem idéias, críticas, sugestões, reclamações ou quaisquer outros comentários relacionados à nossas bandeiras (ou não).

A saber, estas são:

  • Representação Estudantil
  • Reforma do Sistema Educacional
  • Conscientização dos Direitos e Deveres dos Cidadãos (conscientização política, ambiental, moral, etc)

Contamos com a sua presença!

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

De volta à ativa

Depois de um Fevereiro pouco produtivo devido a ausências de alguns membros do comitê, entramos em Março em clima animado. Decidindo tanto questões administrativas (internas e externas) quando “ideológicas” logo na primeira semana do corrente mês, já marcamos a próxima Reunião Aberta da NOVE, que será realizada no dia 20/03 as 14h30.

O local e a pauta de discussões ainda serão confirmados neste blog, no orkut e no twitter.

Antes de fechar o post, gostaria de recomendar aos interessados na reunião que tentem levar amigos também interessados na causa estudantil e/ou minimamente politizados para que conheçam a NOVE. Nosso objetivo a curto prazo é definir estas reuniões abertas como encontros de jovens (ou não) interessados em repensar o país, principalmente na esfera educacional e estudantil, através de debates, palestras e outras atividades.

Como de costume, no início das reuniões realizaremos uma breve introdução do movimento e de seu estágio atual para tanto àqueles que estarão pela primeira vez, quanto aos que já estiveram em outras reuniões.

Contamos com a presença de todos os interessados!

Atenciosamente,

o Comitê

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Aos vestibulandos de 2009

Como se não bastasse o MEC anunciar, em Abril, que mudaria todo processo de vestibular no mesmo ano, os vestibulandos de 2009 ficaram angustiados com a falta de informações acerca do – tão endeusado pelo ministro Haddad – “Novo” Enem.
Foram meses de tiros no escuro por parte de ansiosos alunos e professores. Ainda assim, os colégios e cursos pré-vestibular tentaram, na medida do possível, se adaptar a proposta de reformulação do vestibular como se encontra há décadas.
O que é menos compreensível é a pressa do governo em adotar o novo exame no mesmo ano do anúncio da proposta, sem nem ao menos esperar que uma geração de ensino médio pudesse se formar. O exame foi “outorgado” em Abril para que fosse aplicado em Outubro do mesmo ano! Sabendo que grandes mudanças na educação são processos meticulosamente estudados e que devem ser aplicados gradualmente para surtirem efeitos a longo prazo, o Ministério da Educação quis optar pela alternativa “expressa”.
Os estudantes e professores já sabiam que toda essa mudança em um prazo de 6 meses não poderia dar resultado. E não deu. Dois dias antes da primeira prova, o Brasil acordou com a notícia de que o exame, que seria feito por 4,1 milhões de estudantes e decidiria a vida da maioria destes, havia vazado. Vazado por falta de organização e fiscalização (mesmo com toda a verba pública destinada à essa finalidade e com o dinheiro arrecadado nas inscrições).
O acúmulo da ansiedade, medo, falta de informações e desconfiança do exame fez os estudantes brasileiros sairem às ruas reivindicando maior respeito e maior diálogo entre o governo e os corpos docente e estudantil.
Atrasando resultados de – muitos – outros vestibulares, o Novo ENEM fora remarcado para Dezembro. Mais uma vez os estudantes tiveram de aceitar as condições impostas pelo MEC: afinal, é nosso futuro que estava em jogo.
Chegado o final de semana da prova, metade dos 4,1 milhões compareceram aos locais de provas para participar de uma prova de resistência: 90 questões por dia (e no segundo, também uma redação) com pouco mais de 3 minutos para cada. O que não havia sido informado é que muitas dessas questões teriam enunciados que ocupavam mais de meia página A4 e que o nível de dificuldade seria ainda maior que o da prova que foi fraudada. Muitos foram aqueles que tiveram de chutar as últimas questões (por falta de tempo), principalmente os que deixaram por último a prova de Matemática, que não media nenhuma habilidade senão a de saber fazer contas enormes no menor tempo.
Finalmente passada a tormenta, viria a calmaria. Pelo menos era o pensamento frequente na mente dos vestibulandos. Porém não foi o que ocorreu. No dia que o gabarito oficial foi lançado ao ar, ele estava com inúmeros erros.
Também por causa atraso do Novo ENEM, os inscritos na UFRJ tiveram de fazer as provas de um processo eliminatório sem nem ao menos saber se foram eliminados. Só em meados de Fevereiro que os vestibulandos saberão se suas provas da UFRJ serão ou não corrigidas (para em Março saberem se foram ou não aprovados).
Mesmo após todos estes imprevistos, o vestibulando continuou a lutar pela sua tão almejada vaga na universidade. No entanto, no dia 28 de Janeiro, a noite, o INEP (orgão responsável pelo ENEM) divulgou as notas dos candidatos, sem explicar o que elas queriam dizer. Sem contar as notas discrepantes de redação, as quais são corrigidas sem a menor fiscalização ou padronização do processo pelo INEP.
Hoje, dia 29 de Janeiro, primeiro dia que o site do Sistema de Seleção Unificada (para os alunos se inscreverem nas faculdades que adotaram o ENEM integralmente como forma de ingresso) foi aberto, os alunos não conseguiram se inscrever de jeito nenhum. Desde as 6 horas da manhã, os alunos mais uma vez sofrem com a falta de organização na implantação desse novo modelo de ingresso às universidades que já nasceu predestinado a não funcionar.
Para a NOVE, da maneira que o Novo ENEM foi adotado, o objetivo de examinar o Ensino Médio do país não pode coexistir na mesma prova que serve para ingressar na faculdade. Isso sem contar que as mudanças não podem ser impostar “de cima”; elas devem vir das bases. Dessa forma, a NOVE defende uma reforma educacional gradual partindo da base do sistema.

A NOVE gostaria de parabenizar a todos nós vestibulandos de 2009 por terem enfrentado de cabeça firme todos os problemas surgidos e terem encarado de cara o Novo – e nem um pouco inovador – ENEM.

Estamos trabalhando para buscar maneiras de evitar mais desrespeito com os estudantes, e por isso queremos ouvir sua opinião, sua experiência ou sugestões (pode ser por comentários ou por email: movimentonove@gmail.com)

8 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Reunião Aberta 27/01

Gente, aviso:
Haverá reunião da NOVE dia 27/01 as 14h30.
Será no auditório do IAB (Instituto dos Arquitetos do Brasil) no Beco do Pinheiro, n°10 no Flamengo.
No entanto, pra quem vai de metrô é melhor sair na estação Largo do Machado (vejam no google maps).
Teremos a presença de 2 convidados: Uma moradora da comunidade Cantagalo/Pavão-Pavãozinho e um dos Coordenadores do projeto Solar Meninos de Luz (da mesma comunidade).

A principio a pauta de discussões será:
– A situação das escolas públicas
– Métodos de ação a curto, médio e longo prazo
– NOVE em outros estados

Estaremos também abertos a sugestões de tópicos para a pauta.
Compareçam e chamem amigos interessados!

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma nova fase para o blog

A partir de hoje o blog oficial da NOVE entrará em uma nova fase.
Ele deverá ser o principal veículo de informações oficiais do movimento para os estudantes.

Aproveitando este espaço gostaria de, desde já, postar algumas informações pertinentes:
A NOVE criou no Orkut comunidades oficiais para todos os estados, e quem de fora do RJ quiser contruir um núcleo estadual da NOVE deve entrar em contato com o núcleo central (o daqui do RJ).
Fora isso, o Conselho Administrativo da NOVE está se reunindo toda semana, enquanto as reuniões abertas acontecem uma vez a cada duas semanas.
Estamos definindo planos de ação para começarmos imediatamente a colher informações pertinentes da atual situação da educação no estado do Rio de Janeiro (e posteriormente, no resto do país).
Ainda em Janeiro marcaremos palestras com pessoas interessantes que podem contribuir na construção do nosso movimento.

Gostaria também que vocês indicassem locais que ofereçam um espaço – gratuitamente – para que possamos realizar nossas futuras Assembleias Gerais!

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Viva à N.O.V.E.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized